domingo, 13 de fevereiro de 2011

O Ato de Perguntar.


Por quê? Para quer? Como? Porque deve ser assim? O ato de perguntar é simples e faz parte do nosso dia-a-dia, pois é fundamental e se faz necessário que o ser humano queira entender como funcionam algumas coisas, busca respostas para melhor viver ou entender o que estar ao seu redor, e por muitas vezes, é preciso perguntar para que haja esse entendimento. As perguntas são feitas por muitos, sejamos nós alunos, professores, cientistas, pois como dizem, as perguntas movem o mundo. Também é fato que quem pergunta sempre quer uma resposta. Acho que existem várias respostas para a mesma pergunta, pois até o silencio é uma resposta.
A filosofia é muito baseada em perguntas. “Eu imagino que a filosofia busca uma atitude precisa: perguntar. E perguntar, não para encontrar imediatamente respostas. Perguntar para que respostas sejam dadas e voltar a fazer perguntas sobre as respostas que foram dadas. È nunca abrir mão da atitude crítica, sabendo que é uma atitude desgraçada, na medida em que não teremos nunca a vantagem de quem, em um navio, possui um mapa, uma bússola, todos os aparelhos eletrônicos, de tal modo que o piloto possa até mesmo dormir e o navio vá sozinho para o seu destino. A idéia de assumir até o fim um pensamento crítico é aceitar que navegamos sem mapa, sem bússola, no máximo talvez com uma estrela, e que essa estrela seja: continuar perguntando.” (Marilena Chaui)
Mas não é preciso viver fazendo perguntas filosóficas em todos os momentos de nossas vidas. É importante que se pergunte e não se contente com as respostas fáceis, rápidas e sem profundidade, é fundamental refletir a respeito das respostas e se preciso refazer as perguntas. Todo critico tem como maior ferramenta O ATO DE PERGUNTAR, pois quem pergunta; faz uma investigação, uma análise, coloca o outro em crise.
Uma coisa que percebemos sempre são pessoas que fazem perguntas “sem noção” e não tem o mínimo de respeito pelos entrevistados. Eu tenho um conselho: Para perguntas “sem noção” é preciso respostas inteligentes, cheias de sarcasmo e jogo de cintura, mais tenha paciência e educação para responder essas pessoas (eu sei que é difícil ter paciências com essas pessoas). Na escola perguntar é necessário (eu sei que tem professores que não gostam de alunos que perguntam), pois a curiosidade do aluno é o que leva muitas vezes a aprendizagem significativa.
Jesus Cristo, muitas vezes respondia seus inimigos com outras perguntas deixando-os perdidos, porque a pergunta feita na hora certa, com argumentos certos deixa qualquer um tremendo na base. As vezes devemos por em pratica a pedagogia de Cristo.
Em resumo, continue perguntando e analisando as respostas. PERGUNTAR E RESPONDER pode nos levar a muitos lugares. Guiados por essa estrela do perguntar conseguiremos entender melhor o nosso ser, onde vivemos e com quem vivemos, o que poderemos um dia ser depois de tanta reflexão.

Jânio Elpídio de Medeiros

7 comentários:

  1. Gostei muito do texto e em especial do tema em questão. Creio que os questionamentos (perguntas), e a conseguente busca das respostas para os mesmos, contribuem muito para a nossa evolução enquanto seres humanos ainda muito imperfeitos. O livro A CABANA trás um trexo que gosto muito e que transcreverei aqui como complemento de reflexão: "Os paradigmas dão força às percepções e as percepções dão força às emoções. (...) Só porque você acredita firmemente numa coisa não significa que ela seja verdadeira. Disponha-se a reexaminar aquilo em que acredita. Quanto mais você viver na verdade, mais suas emoções irão ajudá-lo a ver com clareza."
    PARABÉNS PELO BLOG JÂNIO...Bjo!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns...
    Tenho admiração por jovens como vc,que busca aprimorar os conhecimentos...A reflexão é uma forma de exercitar a mente ,e a sabedoria é uma dádiva de Deus.
    Que Deus continue te abençoando.

    ResponderExcluir
  3. Amei o texto.
    Afinal a vida é feita de perguntas, sábias ou não, porém o que sabemos é que nós seres humanos estamos sempre com alguma dúvida e buscando sempre a melhor resposta e estamos certos, pois devemos sempre buscar aprimorar os nossos conhecimentos e não vejo melhor caminho se não perguntando. Muitas vezes temos que entrevistar o nosso interior e procurar as dúvidas que nos anseia.
    beijos.

    ResponderExcluir
  4. alguém sabe me dizer qual a importância do ato de perguntar para a psicologia?

    ResponderExcluir
  5. Gostei bastente do texto .
    Ele te inspira , da vontade de ler de novo

    ResponderExcluir
  6. Por que é importante para o ser humano se perguntar sobre o sentido da vida?

    ResponderExcluir
  7. Por que é importante para o ser humano se perguntar sobre o sentido da vida?

    ResponderExcluir